InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  CalendárioCalendário  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-se  FacebookFacebook  OrkutOrkut  TwitterTwitter  Movimento Brasil SaúdeMovimento Brasil Saúde  FAQFAQ  

Compartilhe | 
 

 Um Novo SUS

Ir em baixo 
AutorMensagem
Gborges



Mensagens : 20
Data de inscrição : 16/07/2010
Idade : 62
Localização : Uberlândia, MG

MensagemAssunto: Um Novo SUS   Seg Ago 09, 2010 5:13 pm

Considerando as tecnologias existentes hoje (Ressonancia Maganetica, PET, CAT, etc), porque não revisar o SUS completamente?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcos
Convidado



MensagemAssunto: Tá na hora de um novo SUS   Ter Ago 10, 2010 10:03 am

O SUS necessita de ser modificado urgentemente. Necessitamos de um SUS eficiente, ou seja, atendimento rápido, com profissionais dedicados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gborges



Mensagens : 20
Data de inscrição : 16/07/2010
Idade : 62
Localização : Uberlândia, MG

MensagemAssunto: Novas Tecnologias   Sex Ago 13, 2010 3:00 pm

Uma nova tecnologia que está muito divulgada em paises do primeiro mundo é o uso de Laser Terapêutico.

Imagine uma tecnologia que regenera o tecido celular, do sangue aos ossos, sem efeitos colaterais, sem se encostar no paciente. Além de regenerar tecidos humanos, o tratamento a laser dá analgesia e é anti-inflamatório. Remédios anti-inflmatórios não são prescritos por médicos nos EUA. Sabe porque? Porque os remédios anti-inflamatórios prejudicam o estômago, depois o fígado, e aí o sistema imonológico.

Eu gostaria de ver o SUS usando essa tecnologia, para que o povo Brasileiro ganhasse os benefícios da tecnologia. Gborges
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcelo
Convidado



MensagemAssunto: SUS e gordura   Sab Ago 14, 2010 7:53 pm

Gostei da ideia do laser. Essa tecnologia seria muito bom pro povo brasileiro. Tambem gostaria de sugerir que o SUS, ou um departamento proprio, considere educar o povo brasileiro a respeito de Gordura Humana. O custo do tratamento medico de uma populacao gorda tem de ser considerado hoje. Obrigado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Marcelo
Convidado



MensagemAssunto: Novo SUS   Dom Ago 15, 2010 2:43 pm

Por experiencia propria, seria muito mais facil e barato criar um novo SUS com nova estrutura, do que tentar modificar o SUS existente. Modificar o SUS existente deixaria portas abertas para o famoso jeitinho brasileiro, e para o fracasso do programa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Marcus
Convidado



MensagemAssunto: Novo SUS   Seg Ago 16, 2010 2:59 pm

Concordo com um novo SUS. O custo de modificar o SUS existente seria muito superior ao de criar um novo SUS.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Marcelo
Convidado



MensagemAssunto: Serra Fez   Ter Ago 17, 2010 10:47 am


Voce sabia:

Que Serra criou o Cartão Nacional de Saúde, iniciando a construção do cadastro nacional dos usuários do SUS por meio no Número de Identificação Social (NIS) que depois foi base do Cadastro Único do Bolsa Família?

Que o Lula simplesmente copiou e usou em seu governo e em sua campanha politica?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gborges



Mensagens : 20
Data de inscrição : 16/07/2010
Idade : 62
Localização : Uberlândia, MG

MensagemAssunto: O Serra Fez   Ter Ago 17, 2010 2:26 pm



Voce sabia o que o Serra fez na Saúde Ocular:

Que Serra, quando Ministro da Saúde, sabendo das dificuldades da população para ter acesso à realização de cirurgias eletivas inovou, ao propor aos médicos brasileiros a realização, com grande sucesso, de mutirões de cirurgias de catarata, com a participação do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), das Secretarias de Saúde dos estados e municípios e de um grande contingente de prestadores de serviços e a mobilização de um grande número de oftalmologistas em todo o País, beneficiando mais de 1milhão e 200 mil pessoas?

Que Serra, quando Ministro da Saúde, sabendo das dificuldades dos pacientes diabéticos para ter acesso à realização ao tratamento especializado em oftalmologia, propôs a realização da Campanha de Redução da Cegueira Decorrente da Retinopatia Diabética com o Mutirão de Retinopatia Diabética?

Que Serra, quando Ministro Saúde, para melhorar a capacidade tecnológica dos serviços de oftalmologia do SUS, firmou convênios com hospitais universitários e secretarias estaduais e municipais de saúde, para implantação de 37 Centros de Referência para o tratamento da retinopatia diabética, em 23 estados, no valor total de R$ 7,2 milhões?

Que quando Serra era Ministro, definiu a Organização e Implantação das Redes Estaduais de Assistência em Oftalmologia, com a criação de 140 Centros de Referência em Oftalmologia?

Que quando Serra era Ministro, instituiu o Programa de Assistência aos Portadores de Glaucoma, com população beneficiada estimada em 100 mil pessoas por ano?

Que José Serra publicou, quando ministro da Saúde, o Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Tratamento do Glaucoma, incluindo vários procedimentos na Tabela do SUS relativos a este tratamento e oferecendo gratuitamente à população diversos colírios específicos disponíveis no mercado brasileiro?

Que quando Serra era Ministro, criou o Programa Nacional de Implantação de Bancos de Olhos financiando a implantação de 30 Bancos de Olhos distribuídos em todo País para assim ampliar a captação de córneas para fins de transplante, encurtar o tempo de espera em fila e aumentar significativamente o número de transplantes de córnea realizados no Brasil
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Renata_C
Convidado



MensagemAssunto: Muito bom   Ter Ago 17, 2010 4:03 pm

Gostei muito de todos artigos postados nesse tópico. Espero que o site continue crescendo e educando o povo a respeito do que o Serra já fez.

Eu gostaria de sugerir que voces contatem os hospitais grandes, do Brasil todo, afim de que eles postem aqui. A opinião deles contaria muito. Obrigada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Armando
Convidado



MensagemAssunto: Serra e as crianças   Qua Ago 18, 2010 11:08 am





Olha o que o Serra fez para a Saúde da Criança

Que Serra, quando Ministro Saúde, estabeleceu parceria com o Ministério da Educação para desenvolver uma campanha de identificação e tratamento das crianças com problemas auditivos, intitulada “Quem ouve bem aprende melhor”, tendo beneficiado aproximadamente 200 mil alunos da 1ª série do 1º grau das escolas públicas, que haviam sido previamente triadas por suas professoras, em 427 municípios?

Que foi Serra que liderou a Campanha Nacional de Registro de Nascimento em 1999, mobilizando a população, e criando ações concretas como a implantação de Postos de Registro Civil nas Maternidades do SUS bem como criando incentivos voltados às maternidades que facilitassem o registro de nascimento das crianças? E que esta iniciativa permitiu a redução do número de crianças sem Certidão de Nascimento no país, dando-lhes o direito a cidadania e contribuiu para que hoje cidades como Brasília tenham índices de subregistro de nascimento iguais aos dos países desenvolvidos (0,5%)?

Que quando Serra foi Ministro da Saúde desenvolveu um conjunto de ações na área de saúde da criança que foram decisivas para que fosse alcançada, pelo Brasil, uma redução de 38% das mortes de menores de 1 ano entre 1990 e 2000, evitando que, neste período, mais de 400 mil mortes de crianças menores de 1 ano? E que essa redução representou mais que o dobro da alcançada pelo conjunto de mais de 160 países que participaram deste Encontro (14%) e foi superior ao alcançado pela América Latina (25%)?

Que foi Serra, quando Ministro Saúde, que instituiu no SUS a exigência de pediatra na sala de parto, o incentivo financeiro para os municípios que conseguissem assegurar o acompanhamento pré-natal para todas as gestantes e a vinculação prévia das maternidades onde se daria o parto, com destinação de recursos para todas essas ações?

Que Serra, quando Ministro Saúde, considerou que mesmo o SUS já custeando a realização do Teste do Pezinho, isso era insuficiente, pois cobria apenas 2 doenças e instituiu o Programa Nacional de Triagem Neonatal, ampliando a cobertura e a parceria com as APAEs, organizando a atenção e dando os primeiros passos para a inclusão da Genética Clínica no SUS?

Que Serra, quando Ministro Saúde, soube reconhecer a importância das iniciativas da comunidade e duplicou a participação do Ministério da Saúde no apoio a Pastoral da Criança, conduzida com competência e amor pela Dra. Zilda Arns, viabilizando assim o crescimento de sua atuação e que desse modo ajudou a salvar a vida de milhares de crianças em todo o Brasil?

Que quando Serra era Ministro, foi instituído o Programa de Humanização no Pré-natal e Nascimento, concebido a partir do princípio de que o acesso das gestantes e recém-nascidos a um atendimento digno e de qualidade, no decorrer da gestação, parto, puerpério e período neonatal, é um direito inalienável da cidadania? Que os recursos destinados à implantação do Programa foram da ordem de R$ 567 milhões?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wagner
Convidado



MensagemAssunto: dieta simples   Qua Ago 18, 2010 11:29 am




Sugiro incluir no novo SUS e nas escolas, um programa de alimentacão. O povo brasileiro, de todos os niveis, pode melhorar sua alimentacão se souber como faze-lo.

Uma dieta muito simples do Dr. Weir, americano, se trata de:

1) Coma 5 por dia: legumes, frutas, e vegetais.
2) Beba no mínimo 4 copos de agua por dia
2) Coma o que quizer.

Lógico que excessos não são recomendados. Cereais são excelentes para a saúde.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Marcelo
Convidado



MensagemAssunto: Urgência e Emergência   Qua Ago 18, 2010 10:49 pm




Urgência e Emergência

Que quando Serra era Ministro disponibilizou recursos da ordem de R$ 150 milhões para apoiar os estados e municípios na implantação dos Sistemas Estaduais de Referência Hospitalar para o Atendimento de Urgências e Emergências?

Que quando Serra era Ministro, considerando que os custos para o atendimento de urgência e emergência são mais elevados, o Ministério da Saúde definiu recursos adicionais de custeio para os hospitais de referência nesse tipo de assistência, beneficiando os 140 principais hospitais de urgência do País (sendo 11 na região norte e 22 na região nordeste)?

Que quando Serra era Ministro, foram adquiridos e distribuídos equipamentos para as Unidades de Urgência e Emergência e Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), com financiamento do REFORSUS, no valor de R$ 40 milhões, que beneficiaram cerca de 300 hospitais?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Marlene
Convidado



MensagemAssunto: O Lula Fez isso ....   Seg Ago 23, 2010 4:28 pm




Carolina Oms
Especial para Terra Magazine


Apesar de ser um órgão vinculado ao Ministério da Saúde, o presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Francisco Batista Júnior, não usa meias palavras para definir a situação do SUS (Sistema Único de Saúde): "Há três, quatro anos, ele está agonizando".

O sistema público de saúde, na avaliação de Batista, vem sendo descontruído desde 1995, quando serviços especializados de referência "foram desmontados e transferidos para a rede privada".

O presidente do Conselho defende medidas urgentes para impedir a falência do sistema e avalia que o governo Lula agravou a situação: "Essa lógica (da privatização) vem se aprofundando. Privatizaram as ações, depois a força de trabalho e agora a gestão".

Segundo os dados do órgão, 95% dos serviços especializados do SUS são prestados pelo serviço privado:

- A privatização do SUS o inviabiliza, não tem sistema no mundo que resista.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Marcus
Convidado



MensagemAssunto: Novo SUS   Qui Ago 26, 2010 4:38 pm



O Lulalá deixou, acho que intensionalmente, o SUS atingir o estágio de hoje. Não podemos injetar mais dinheiro no que o0 Lulalá destruiu em 8 anos. VAMOS DESENHAR UM NOVO SUS.

Gestão é o remédio que a saúde precisa

Natalia Cuminale

Criado em 1988, o Sistema Único de Saúde tinha um objetivo claro: universalizar o atendimento aos brasileiros, que, em troca, pagam altos impostos. Como é de conhecimento público, não foi isso o que aconteceu. Passados 22 anos, usuários enfrentam filas e esperam meses e até anos para conseguir realizar uma cirurgia eletiva - os procedimentos não emergenciais. Seria ainda pior se parte da população - 26,3% - não tivesse abandonado o SUS, pagando um valor extra por planos privados de saúde.

Especialistas são unânimes quanto ao remédio que poderia curar o SUS: mais dinheiro. Nas contas de Ligia Giovanella, pesquisadora da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, ligada à Fundação Oswaldo Cruz,o Brasil precisaria ao menos dobrar os recursos destinados ao setor. Mas não é fácil, uma vez que boa parte do Orçamento federal é comprometida com outras despesas. E não é tudo. Além de mais dinheiro, o SUS precisa de mais gestão. "É necessário um reordenamento do destino dos atuais gastos, priorizando o investimento em setores que dinamizem o setor", diz Lígia Bahia, professora de Saúde Pública da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

O desejado choque de gestão deveria começar pela própria administração do sistema, defendem especialistas. "Os gestores do SUS são, em sua maioria, indicados por motivos políticos, mas a saúde é uma área que requer conhecimento técnico amplo em todas as etapas: planejamento, execução e avaliação dos resultados", diz Newton Lemos, consultor em Serviços de Saúde da Organização Mundial da Saúde. "Não é uma coisa que qualquer profissional – que não de carreira – pode fazer".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Marcus
Convidado



MensagemAssunto: Novo Tratamento   Seg Ago 30, 2010 9:57 am



Espero que chegue ao Brasil rapidamente ....

Pílula barata pode evitar milhares de mortes por falência cardíaca, diz estudo
Pesquisa britânica sugere uso da droga ivabradina, já usada para tratar pacientes com angina.

30 de agosto de 2010 | 6h 21

Um tratamento com uma pílula tomada diariamente, a um custo inferior a R$ 4 por dia, poderia salvar as vidas de milhares de pacientes com problemas no coração, segundo pesquisadores britânicos.



A droga, chamada ivabradina, já é usada para o tratamento de pessoas com angina (dor no peito).


A pesquisa envolveu mais de 6,5 mil pessoas em 37 países que já usavam outros tratamentos tradicionais como drogas beta-bloqueadoras, que ajudam a regular o batimento cardíaco.


Ao contrário dos beta-bloqueadores, a ivabradina reduz o ritmo do batimento cardíaco sem reduzir também a pressão sanguínea.


Em um período de dois anos, a droga reduziu o risco de morte por falência cardíaca em 26%.


O medicamento teve impacto semelhante sobre pacientes internados com problemas cardíacos agudos.


Os resultados da pesquisa foram apresentados no encontro anual da Sociedade Europeia de Cardiologia, em Estocolmo, na Suécia.


Segundo o pesquisador Martin Cowie, a droga não é recomendada para qualquer um, mas apenas para os pacientes que já sofrem com condições cardíacas graves. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Prof Jo
Convidado



MensagemAssunto: Precisamos do Serra   Ter Ago 31, 2010 11:31 am


Porque precisamos do Serra.


Saúde tem pior nota em novo índice da ONU para o Brasil

da BBC Brasil

O novo índice de valores humanos divulgado nesta terça-feira pelo PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) revela um desempenho mais baixo do Brasil em termos de saúde do que em trabalho e educação, os três setores avaliados.
O IVH (Índice de Valores Humanos) é composto pelos subíndices de trabalho, saúde e educação e, segundo seus idealizadores, é uma tentativa de levar em conta a importância dos valores humanos para os processos de desenvolvimento.
Em uma escala de zero a 1, sendo 1 o melhor resultado, o Brasil tem um IVH de 0,59. Quando o tema é trabalho, o resultado foi de 0,79. Na educação, o índice ficou em 0,54, e na saúde, em 0,45.
Em vez de se concentrar em dados como expectativa de vida ao nascer e taxa de alfabetização, por exemplo, como o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), que classifica todos os países membros das Nações Unidas, o novo indicador foi elaborado a partir das experiências da população brasileira em termos mais subjetivos, como tempo de espera para atendimento médico ou situações de prazer e sofrimento no trabalho.
"A ideia era construir um indicador que partisse do relato das pessoas", diz o coordenador do Relatório de Desenvolvimento Humano do Brasil 2009/2010, Flávio Comim.
Segundo Comim, que é economista-chefe do Pnud, o IVH só é realizado no Brasil e é um projeto-piloto, com o propósito de lançar uma metodologia que inclua uma maneira mais humana de medir o desenvolvimento. "Vamos ver como vai ser recebido para determinar sua periodicidade", diz o economista.
Divulgação

SAÚDE

Para chegar ao resultado, 2.002 pessoas foram entrevistadas em 24 Estados. O IVH do Brasil em saúde foi de 0,45. A avaliação considerou o tempo de espera para atendimento médico ou hospitalar, a facilidade ou não de compreensão da linguagem usada pelos profissionais de saúde e o interesse da equipe médica percebida pelo paciente. Na comparação por regiões, o Sul e o Sudeste apresentaram o maior IVH, ambas com 0,62, acima da média do Brasil, de 0,59.
A região Norte foi a que apresentou o menor índice, com 0,50. Segundo os autores do relatório, o baixo valor da região Norte pode ser atribuído principalmente à dimensão da saúde, com índice de 0,31, bem abaixo da média nacional de 0,45 nesse quesito. De acordo com o documento, 67% dos moradores da região Norte consideram demorada a espera para receber atendimento médico e apenas 38% dizem que a linguagem utilizada pelos profissionais da saúde é de fácil ou razoável compreensão.

TRABALHO E EDUCAÇÃO

O IVH relacionado ao trabalho foi calculado a partir da avaliação de 17 experiências relacionadas ao prazer no trabalho, como realização profissional e liberdade de expressão, e outras 15 ligadas ao sofrimento, como fatores de esgotamento emocional e falta de reconhecimento. O índice do Brasil nesse caso foi de 0,79. A avaliação levou em conta o número de vezes que o trabalhador experimentou essas experiências nos seis meses anteriores ao questionário ou no último emprego.
No caso da educação, a média brasileira foi de 0,54. Esse subíndice levou em conta os valores das famílias, dos alunos e dos professores. Para isso, o PNUD avaliou quais os conhecimentos considerados pelas famílias mais importantes na formação e como são as relações de alunos e professores no sistema educacional. Na maior parte do país, 36,2% dos entrevistados responderam que a educação deve dar prioridade a conhecimentos para formar um bom cidadão. A exceção foi à região Norte, onde 40,4% consideram que o mais importante são conhecimentos para conseguir um bom emprego.

RELATÓRIO

O IVH faz parte do Caderno 3 do Relatório de Desenvolvimento Humano do Brasil 2009/2010. O caderno inclui ainda exemplos e boas práticas de políticas de valor, com recomendações para contribuir para os dois objetivos principais definidos pela população brasileira na Campanha Brasil Ponto a Ponto, realizada no ano passado: redução da violência e melhoria da qualidade da educação.
Os idealizadores do IVH também chegaram à conclusão de que a percepção dos valores humanos no Brasil depende do nível de renda individual - e, em geral, quanto maior a renda, melhor a avaliação dos valores. Os resultados também indicam que, quanto maior o nível de escolaridade, melhor o IVH. Essa tendência, porém, se inverte em relação ao índice específico de educação, em que pessoas com maior nível de escolaridade registraram IVH mais baixo.
Quando avaliadas as diferenças de gênero, o IVH de trabalho é maior para homens (0,82) do que para mulheres (0,76).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Um Novo SUS   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Um Novo SUS
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Novo hinário da CCB Brás causa surpresa à Irmandade ao saber os nomes dos autores dos novos hinos
» PROMOÇÃO COMPRE UM HINARIO NOVO DA CCB E GANHE 30 HINOS NÓVOS ! PARECE BOM NEGÓCIO MAIS NÃO PASSA DE FRAUDE DE ALGUNS LIDERES DA CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL PARA OBTER LUCRO PELA VENDA CASADA DE HINARIOS DESSA IGREJA.
» Hino 58 - Hinário Novo CCB Ministério Jandira
» Mudança da doutrina - O Batismo e o Novo Nascimento
» Quando começou o novo testamento?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Rede Mobiliza Saúde - Serra 2010 :: Sistema Único de Saúde (SUS)-
Ir para: